Práticas corretas de como gastar verba pública em educação é assunto de debate no MPAM

Por intermédio da 59ª Promotoria de Justiça dos Direitos Humanos à Educação (59ª PRODHED), na qual atua a Promotora de Justiça Delisa Olívia Vieiralves, o Ministério Público do Amazonas (MPAM), realizou na última quinta-feira, 31/10, o Seminário Regional sobre a utilização de Recursos Públicos na Educação.

De acordo com a promotora Delisa Vieiralves, o seminário foi realizado para gestores, presidentes de conselhos de Fundeb, conselhos estadual e municipal de educação, e todos os que trabalham dentro das duas secretarias que cuidam da questão dos orçamentos.

A programação foi aberta oficialmente pelo Diretor-Geral do MPAM, Promotor de Justiça Alberto Rodrigues, representando a Procuradora-Geral de Justiça, Leda Mara Nascimento Albuquerque, foi elaborada pela Promotoria Especializada e trouxe para o auditório Carlos Alberto Bandeira, o evento também contou com a presença, na mesa, da Promotora de Justiça Renata Cintrão, titular da 55ª PRODHED.

Depois de palestras na manhã e à tarde, o evento foi encerrado com uma Mesa de debate mediada pela Promotora Delisa Vieiralves Ferreira com a participação do Auditor de Controle Externo, Chefe do Departamento de Auditoria em Educação do TCE-AM Júlio Alan dos Santos.

 

Fotos: Hiralton Gomes – ASCOM MPAM